Escolas devem responder questionário sobre gravidez na adolescência

As escolas das redes pública e privada de ensino de todo o País têm até 15 de abril para responder a um questionário sobre a quantidade de casos de gravidez em adolescentes escolares, disponível no Sistema Educacenso exclusivamente para o perfil escola.

O questionário deve ser respondido por gestores escolares ou profissionais designados pelas instituições, que devem considerar somente os casos de gravidez em adolescentes na faixa etária de 10 a 19 anos de idade registrados em 2018. Não será necessário identificar a gestante.

Desenvolvida em conjunto pelos ministérios da Educação e da Saúde, por meio do Programa Saúde na Escola, a iniciativa tem o objetivo de mapear o número de casos de gravidez precoce para apoiar a criação de políticas públicas de cuidado integral às adolescentes grávidas.

Fonte: Inep

Comments are closed.